sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Casamento tem gôsto de beijo na boca


Se alguém mais antigo da igreja soubesse que no culto de sábado à noite seria celebrado o casamento do Tiaguinho diria que era "culto de milagres". Qual a moça que casaria com o "maluco" do Tiaguinho?
Carregava esta fama desde que chegou na igreja, na adolescência. Mas ele não era doido, apenas seu limite para o medo era mais longo que o da maioria. Talvez ele se sentisse na obrigação de fazer jus ao estilo "easy rider" do pai. Manejava bem as máquinas, empinava a moto, fazia trilha e alta velocidade era o seu andar normal, o que lhe valeu alguns adjetivos de bagunceiro, agitador, perturbador. Rótulos fazem tão mal quanto uma facada. Pior ainda se vier pela ausência do padrão de comportamento religioso estabelecido.
Comunicativo, sincero e amigo atraia a galera jovem. Era líder por simpatia. Mas ele queria mais significado do que a adrenalina da velocidade podia lhe dar. Queria Deus, sabia que precisava dEle. Deus veio a ele mudando seu interior sem mudar o seu estilo. Por causa disso poucos acreditaram; ele não entrara no "padrão".
Mas o tempo foi passando e a adolescência já não era. Um dia desabafou: - "Pô, pastor, meus amigos estão todos casando e eu sozinho, tô ficando para trás". Naquela hora descobri que eu também ainda o via como um adolescente. Com raiva da minha cegueira lhe disse, como uma promessa, que o seu tempo chegaria.
Acho que em pouco mais de uma ano, Kátia chegou na igreja. Cansada e sobrecarregada de si mesma queria Deus. Precisava dEle. Encontrou-o. Sua visão e suas prioridades mudaram. 
Kátia tem um sorriso de desarmar qualquer assaltante. Um dia, depois de uma palestra sobre casamento, me abordou no final: - "Ouvindo o sr. falar parece que casamento é tão bom, também quero. Como acontece"? Respondi: - "Espera em Deus, minha filha, é Ele quem promove estas coisas; sua hora vai chegar".
Para quem não sabe, esperar em Deus não é letargia, é uma dinâmica espiritual que exige uma certa atenção.
Enquanto o pecado fez com que Adão e Eva se escondessem um do outro, o perdão de Deus fez com que Tiago e Kátia se encontrassem. Não sei como tudo começou nem como se conheceram. Um dia os vi juntos e Tiago foi incisivo: - Pastorzão, é você que vai fazer o meu casamento.
Não era um convite; eu não era o único pastor da igreja, era uma intimação.
Quando se desentendiam ele vinha lá em casa; coração apertado, gostava dela... - "Pastorzão, não sei o que faço, quem que entende as mulheres"...
As diferenças entre os dois já estava causando a dolorida fusão em uma só carne.
Incrivelmente a natureza e a ciência diz que os opostos se atraem e os iguais se repelem. E o homem ainda insiste na pervertida e anti-natural atração e união homo.
Algumas vezes, sem saída, dei-lhe conselhos bem chauvinistas, pensando "ou ele ganha de vez essa menina ou parte pra outra": - "Te faz de difícil, Tiago, mulher gosta de ser paparicada mas não gosta de cara muito pegajoso, faz de conta que você não tá nem aí". 
Emotivo e sincero como ele é eu sabia que ele não conseguiria manter esse joguinho de sedução por muito tempo; mas logo eu os via juntos de novo, com um enorme sorriso de reconciliação na cara dos dois. Eu não sabia quem tinha cedido mas também não perguntava nada.
Amanhã celebrarei o casamento dos dois. Sei que apesar da aparente segurança que apresentam, por dentro estão morrendo de mêdo, mas eles têm esperança, pois são humildes o suficiente para aprender com os mais velhos e com o Espírito Santo.
O casamento é uma festa. Nenhum casamento pode ser realizado como uma cerimônia austera, como se fosse um fardo a ser carregado até que a morte os separe.
Casamento não pode ser realizado como algo convencional. Independente de ser o casamento do Tiaguinho, é um culto de milagres. O milagre da fusão do relacionamento está acontecendo ali.
Casamento é motivo de muita alegria; nem que seja a base de vinho. Por isso que faltou vinho e por isso que o primeiro milagre de Jesus foi realizado num casamento.
Aliás, para a igreja, tudo converge num casamento. Tudo está sendo preparado para as "Bodas do Cordeiro".
Casamento tem gôsto de beijo na boca.
Gôsto de "quero mais".

Pr Julio Soder


10 comentários:

Januleica disse...

Creio q ninguem irá perder esse milagre Pastor, assim como Thiza e Katinha eu tb vou casar kkkkk aleluias...só n sei com quem e nem qdo..hehehehe
Esperar em Deus é uma tarefa difícil mas compesadora sempre!!
Parabéns aos noivos!
Estarei lá amanha para celebrar essa grande festa na terra e no céu...

Everson disse...

Bonito texto...Felicidades para o casal!

Fernanda disse...

É pastor casamento é um plano de DEUS, realmente é um milagre, um presente de DEUS para as nossas vidas!!! Esperar em DEUS é uma das melhores escolha que o homem faz na sua vida!!!
Felicidades aos noivos!!!

CRISTIANE disse...

Muito bom o texto, gosto muito das coisa que o Sr.fala és um homen muito sabio, homen de Deus .
Precisamos mesmo esperar em Deus por que tudo que Ele faz durará eternamente, e Ele tem o melhor para os seus filhos. Creio que o meu dia tambem vai chegar.
Abraços aos noivos e felicidades.....

CRISTIANE MENDES disse...

Muito bom o texto, gosto muito do que o Sr.fala és um homen muito sabio, um homen de Deus.Realmente temos que esperar em Deus porque tudo o que Ele faz durará eternamente. Felicidades aos noivos
Abraços......

DéboraNogueira disse...

Parabéns aos noivos..Muito legal o texto!E EU TB QUERO CASAR!!!rsrsrs..
Abraços..

Ângelo Maciel disse...

Pr Júlio,

Conheci o Tiago na Igreja e o que eu vi foi um Jovem com disposição, alegre e feliz com certeza Deus deve ter o mudado, como fez com todos nos um dia e continua fazendo, só sei que ficou bom e cada dia o Senhor Jesus nos faz maravilhas, aleluias. Eu e a Kátia fomos irmãos no crescimento do conhecimento e da fé que resultou no nosso batismo, sempre simpática e alegre. Realmente este encontro só poderia dar em casamento. Gosto muito dos dois e fico muito feliz pela união deles cominando na fusão de uma só carne, como o senhor falou.
Noivos, casamento é um projeto de Deus para a vida do homem e é Ele o único que pode restaurar e renovar o amor entre o casal a cada dia, só quem é casado sabe disso. O diabo tenta fazer de tudo para acabar com a instituição chamada casamento, usando como ponto forte as diferenças de culturas na criação, ou seja, duas pessoas que viveram de formas diferentes a vida toda, agora tendo que compartilhar a vida em comum. O segredo para o casamento dar certo é seguir a orientação de Deus que está escrito na Bíblia.
Ouça um conselho do seu irmão em Cristo Jesus, nunca deixe de ir aos cultos, participar da igreja e buscar fazer a obra do Senhor servindo-o no que forem chamados, nunca se dediquem totalmente ao seu companheiro esquecendo-se de buscar a Deus, nos temos que amar uns aos outro, mas não podemos perder nosso foco e temos que fazer do casamento uma aliança para fortificar nossa fé servindo sempre a Deus.
Os casados devem ficar atentos para o que Paulo disse em 1CO7:32,33,34 “O que realmente quero é que estejais livres de preocupações. Quem não é casado cuida das coisas do Senhor, de como agradar ao Senhor; mas o que se casou cuida das coisas do mundo, de como agradar a esposa e assim está dividido.”
Desejo que vocês sejam muito felizes e tenham muiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiitos filhos e profetizo que a união de vocês em fusão numa só carne se fortifique para fazer a obra de Deus sobre a face de Israel e que vocês sejam homem e mulher de Deus sempre abençoados e levando a bênção de Deus onde passarem, amém!! Perdão por não ter ido ao casamento, fiquei muito sentindo mais tive que receber minha mãe que ha muito não vinha em minha casa. Que Deus continue abençoando a cada um de vocês, inclusive ao Pr Júlio que como sempre é usado por Deus para escrever tão sábias palavras. Um forte abraço! Aguardo a visita do casal em minha casa
Ângelo Maciel

Kelinha disse...

PAstooOoor..
Eu tbm qro CASAR..
mais ta dificil...

Ve c começa a fazer umas correntes ai pra mim.. pq o meu joelho ja ta fikndo calejado...rsrsrsr

Ivan Filipe disse...

Hehehe! Essa foi boa!

Elaine H. S. Dias disse...

Nossa pastor, lendo este texto, chorei tanto.Chorei porque lembrei das vezes que tbm fui atrás de teus conselhos na área sentimental e o senhor sempre me ajudava e me animava a esperar no SENHOR, pois Ele tinha o melhor para mim.
Depois de seis anos orando e esperando a vontade de Deus para mim, o SENHOR abriu meus olhos para àquele que seria meu marido, e depois de 4 anos de namoro com lutas e provações, o SENHOR sempre me lembrava do texto de I Corintios 13, que diz que o Amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta, e dia 14 deste mês completamos sete meses de casamento (estamos começando a engatinhar no assunto)e graças a Deus estou muito feliz e convicta que não existe nada melhor do que esperar em Deus, pois a vontade Dele é boa, perfeita e agradável.
E como os opostos se atraem hein, o Daniel é um colérico/sanguineo e eu uma melancólica.rsrs
Amo-te pastor amado.