sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Fumantes de Cristo

Dono de café na Holanda transforma seu estabelecimento em “igreja” para contornar lei antitabagista.

Os fumantes da cidade de Alkmaar, na Holanda, já têm à sua disposição a primeira igreja do mundo dedicada aos fumantes. É isso mesmo – depois dos Atletas de Cristo, dos Artistas de Cristo e outras instituições do gênero, agora é a vez de os Fumantes de Deus conquistarem seu próprio espaço, onde a fumaça dos cigarros é considerada uma expressão de espiritualidade. Pelo menos, no entender do dono de um café da cidade, que transformou seu estabelecimento na Universal Igreja dos Fumantes de Deus. O comerciante Cor Bush tomou a iniciativa para contornar os efeitos de uma nova lei que proíbe o fumo em espaços públicos na Holanda, que entrou em vigor no último dia 1º de julho. 
A santa trindade venerada nessa igreja será “a fumaça, o fogo e a cinza”, diz Cor Bush, que afirma querer defender a liberdade religiosa garantida pela Constituição holandesa, nação de maioria religiosa protestante. Os fiéis que aderem à curiosa congregação recebem um documento autorizando-os a acender seus cigarros dentro do recinto. Por mais ridícula que pareça a idéia, Bush garante que vários outros bares e cafés da região de Amsterdã, onde fica a cidade de Alkmaar, já demonstram interesse em se juntar à “igreja” tabagista. “A comunidade da igreja dos fumantes é livre de fumar para honrar Deus na santa paz”, encerra o empresário.

Fonte: Notícias Cristãs - Cristianismo Hoje


Comentário: Avisem-me quando surgirem "Os maconheiros de Cristo". Quem sabe eu apareça por lá para dar uns "tapas". É o fim da picada...querem fazer de Jesus um lacaio dos nossos desejos. Duvido que um fumante de alguns anos não queira largar o vício. E Jesus ainda liberta. Maranata!

2 comentários:

Érica Barreto disse...

Oi Rev!
Em alguns países (creio que como Holanda e Noruega, mas não tenho certeza) o fumo, apesar de vício, não é considerado pecado. Isto porque "não altera" o estado de espírito. Mas o café, em alguns destes mesmos países que liberam o fumo, é considerado droga e é mal visto pelas igrejas locais, porque vicia e altera o estado de espírito. Bom, eu não fumo, não gosto de cigarro, não concordo com crentes que fumam e preciso reduzir meus baldes diários de café... ;o)

prjulio disse...

Concordo com você, assim como o vinho entre os suíços e franceses também não é considerado pecado.
Mas eu vejo que o povo de Deus não está debaixo da lei das ordenanças mas anda sob outra lei, a da graça (tudo é lícito).
Como cristãos somos chamados a andar na voz do Espírito. Será que o Espírito não fala ao Seu povo a respeito de hábitos comprovadamente danosos para o corpo, que é o seu templo?