segunda-feira, 1 de junho de 2009

Deus está bordando a sua vida


Quando eu era pequeno, minha mãe costurava muito. Eu me sentava no chão, olhava e perguntava o que ela estava fazendo. Respondia que estava bordando.

Todo dia era
a mesma pergunta e a mesma resposta. Observava seu trabalho de uma posição abaixo de onde ela se encontrava sentada, e repetia: "Mãe, o que a senhora está fazendo?" Acontece que, visto de baixo, o que ela fazia me parecia muito estranho e confuso. Era um amontoado de nós e fios de cores diferentes, compridos, curtos, uns grossos e outros finos.

Eu não entendia nada. Ela sorria, olhava para baixo e gentilmente me explicava: "Filho, saia um pouco para brincar e quando terminar meu trabalho eu chamo você e o coloco sentado em meu colo. Deixarei que veja o trabalho daqui de cima. Mas eu continuava a me perguntar lá de baixo: "Por que ela usa alguns fios de cores escuras e outros claros?" "Por que me parecem tão desordenados e embaraçados?" "Por que estão cheios de pontas e nós?" "Por que não tinham ainda uma forma definida?" "Por que demorava tanto para fazer aquilo?"

Um dia, quando eu estava brincando no quintal, ela me chamou: "Filho, venha aqui e sente em meu colo." Eu sentei no colo dela e me surpreendi ao ver o bordado. Não podia crer! Lá de baixo parecia tão confuso, mas agora, vendo-o da perspectiva de minha mãe, aquelas linhas estranhas formavam uma paisagem maravilhosa! Então ela me disse: "Filho, de baixo parecia estranho e complicado, mas agora, vendo-o de cima, você pode entender o que eu estava fazendo."

Muitas vezes, ao longo dos anos, tenho olhado para o céu e dito: "Pai, o que estás fazendo?" Ele parece responder: "Estou bordando a sua vida, filho." E eu continuo perguntando: "Mas está tudo tão confuso...Pai, tudo em desordem. Há muitos nós, fatos ruins que não terminam e coisas boas que passam rápido. Os fios são tão escuros. Por que não são mais brilhantes?" O Pai parece me dizer: "Meu filho, ocupe-se com seu trabalho, descontraia-se, confie em mim... eu farei o meu trabalho. Um dia, colocarei você em meu colo e então vai ver o plano da sua vida daqui de cima."

Talvez você não entenda o que está acontecendo em sua vida. As coisas são confusas, não se encaixam e parece que nada dá certo. É que você está vendo o lado avesso. Mas fique tranquilo: Do outro lado, Deus está bordando a sua vida.


Fonte: Bruno Vox, Via: Púlpito Cristão

4 comentários:

Ester disse...

Que mensagem linda, Pr. Júlio!!!
às vezes me sinto como esse menino...confusa acerca da minha vida... mas esse texto falou muito pra mim.

LUCIOLA disse...

É TAO BOM OUVIR PALAVRAS DE ENCOJARAMENTO POIS ESSES DIAS DE FINS DO TEMPO É O K PRECISAMOS OUVIR,K DEUS É CONOSCO E K NADA VAI TIRAR O AMOR DE DEUS POR NOS,COMO É BOM SER AMADO POR DEUS É O MELHOR AMOR DO MUNDO .

Bianca disse...

Amém. Linda mensagem, obrigada =)

Ângelo Maciel disse...

Agora já sei porque minha vida parece uma bagunça. É que não consigo ver lá de cima, por enquanto né, rs.

Que Deus cotinue lhe abençoando sempre e em todo lugar que as plantas de seus pés e a palma de suas mãos tocarem em nome de Jesus.

Que o Espírito Santo de Deus derrame sua paz sobre tí.

Um abraço de seu amigo e irmão na fé, Ângelo Maciel

Não deixe de visitar meu Blog: www.angelomaciel.blospot.com