terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Deixem os homossexuais em paz


Os evangélicos devem deixar os homossexuais em paz.
Eles não querem um cristianismo que trata homossexualidade como pecado e têm todo o direito de não querer. Deus fez a todos livres para fazerem suas escolhas.
Eles nem precisam reinterpretar a Bíblia e nem arrumar versões que apóiem seu pensamento.
O cristianismo não deve e nem pode ser imposto. Nem por força nem por violência e nem mesmo por persuasão. Tentar convencê-los, contra a sua vontade, seria sim intolerância religiosa. A palavra deve simplesmente ser anunciada; quem aceitar aceitou quem rejeitar rejeitou. Não devemos tentar convencer ninguém, isto é trabalho de Deus.
O livro de Romanos, no capítulo 1, diz, por três vezes, que Deus os entregou às suas próprias inclinações; quem são os evangélicos para fazerem o contrário.
Cada um dará conta de sua vida a Deus.

Pr Julio Soder (cansado desta novela)

5 comentários:

Diego disse...

De fato o cristianismo perde muito tempo tentando justificar que homossexualidade é pecado.E peca em achar que o homosexual não tem direitos como cidadão.Na maioria eles buscam não um espaço na igreja, e sim,a aceitação social,direitos legais,que por sua vez,realmente devem existir.Direito de comunhão de bens entre alguns outros aspectos,devem ser discutidos com principio ético e não moral(mesmo tendo a moral como influênciadora direta na ética).

George Huxcley disse...

Vivemos em uma sociedade devemos sempre respeitar ao próximo, independente de sua orientação sexual, o que vejo hoje, no meio evangeliqués, e uma multidão de pessoas com pedras nas mãos, é mais fácil, condenar os homossexuais ao inferno, por ser um "pecado" vísivel, como se essas pessoas tivessem a noção do que é isso, e enquanto essa novela roda, os mentirosos e julgadores se espalham nas congregações, se um casal de fofoqueiros se beijam após um culto, todos acham normal, agora se um casal de visitantes homossexuais se beijam, tenho a certeza que não receberam o mesmo tratamento, se pecado, é pecado, devemos no mínimo tratar todos iguais. vamos pregar, e deixar o Espírito Santo conduzir, mas sempre com o respeito devido. "Devemos semear a paz, o amor, a caridade, o perdão, a compreensão e a tolerância , não importa com quem, para quem ou em nome de quem... "
Shallom

Alexandre Pirola disse...

Concordo com tudo o que disseste.
Mas chega um momento em que temos de praticar o que diz em Tito 1.9-11: "...convencer os contradizentes... aos quais convém tapar a boca..."

PAZATODOS !!!

prjulio disse...

Alexandre,
Na verdade o texto tem conotação irônica. Depois de Romanos 1 e quando eles chegam no nível de defender o "orgulho gay" não acho que eles possam mais ser convencidos. Parece bastante radical mas o texto de Romanos sugere isso. Além disso trabalhamos com recuperação de desvios de comportamento há muitos anos e hoje ninguém mais acha que deve recuperar disso.

Dudu Bandeira disse...

Ótimo post... gostei tanto que coloquei ele lá no liberdade ! Abração !